Dicas para organizar um guarda-roupa infantil

DSC02871

Quem tem filhos sabe que manter a organização das roupas pode ser uma tarefa difícil. Para facilitar essa tarefa selecionei algumas dicas que vão te ajudar na hora de organizar as roupas da criançada.

– Aprender a organizar: Primeira dica é fazer a organização junto com os pequenos e tornar este momento uma diversão.  Essa é uma maneira gostosa de ensinar as crianças a se organizar. Se você fizer tudo por eles não vão aprender. Se fizer junto aprenderam rapidinho e aos poucos vão adquirir noção de organização. Aproveite este momento e faça uma seleção das roupas, separando o que não serva mais e que será doado, as que precisam de conserto, as que não servem e ficaram para o irmão ou irmã mais nova e as que ainda estão grandes.
– Para espaços pequenos: Separe as roupas por estação e por tipo. Separar as de inverno e as de verão. Na categoria verão separe as bermudas, saias, camisetas sem manga, camisetas com mangas. Na área de inverno coloque as luvas, toucas, casacos mais quentes. Se tiver espaço pode optar por deixar tudo a mão até porque com as mudanças de temperatura sempre precisamos de uma camiseta no inverno e um casaquinho no verão. O ideal é organizar de maneira que você e a criança consiga ver o que tem.
– Otimize os espaços: O ideal é pendurar em cabides o máximo de roupa que você conseguir, pois assim além de facilitar a visualização você otimiza o espaço do guarda-roupa. Se precisar, pendure organizadores que proporcionem divisórias na vertical, assim o aproveitamento do espaço interno do guarda-roupa será ainda maior.
– Cabides: Outra vantagem de pendurar as roupas é que você pode organizá-las, principalmente as que eles usam com mais frequência, em uma altura que eles alcancem com facilidade. Colocar e tirar do cabide é tarefa muito mais fácil e rápida do que dobrar a roupa. Aqui você economiza tempo e, além disso, evita que as peças amassem. Outra vantagem é que você vai dando autonomia e ensinando seus filhos a se vestir sozinhos.
Organize por tipo: Coloque as roupas penduradas em sequências da direita para a esquerda. Por exemplo se for menino pode começar pelas calças, bermudas, camisetas sem manga, camiseta de manga curta, camisetas de manga longa e camisas. Pendure os casacos mais pesados e os agasalhos na parte de cima. Se preferir pode separar por cor, mas para começar é importante que eles aprendam a tirar e a guardar as roupas nos locais certos. Depois e aos poucos você pode ensinar a organizar por cor.
– Conjuntos: Guarde os conjuntos juntos, isso facilita na hora se selecionar o que vai vestir e as peças não se perdem.
– Maleiro: Aproveite a parte de cima do guarda-roupa de seu filho para acomodar caixas com sapatos que ainda não estão usando, cestas ou caixas que contenham roupas de frio durante o verão, acessórios ou os elementos que seu filho não usa com muita frequência. E para facilitar ainda mais a sua vida, coloque uma etiqueta na caixa listando o que tem em cada uma, assim se precisar de algo encontrará rapidamente. E para uma melhor visualização, incorpore luzes dentro do guarda-roupa; atualmente há no mercado opções de lâmpadas pequenas que nem precisam de fiação excessiva.
– Tamanhos maiores: Após esta separação, deixe no alto ou longe do acesso mais fácil, as peças que serão utilizadas no futuro. Coloque em caixas ou em packs com visor, que podem ser identificadas as informações: 1 a 2 anos, 3 a 4 anos e assim em diante. Sempre identifique as caixas e as embalagens, isso evita que tenha que abrir para saber o que tem dentro.
– Gavetas:  Se o guarda-roupa possuir várias gavetas separe as gavetas por “tipos de itens ou famílias”. Ou seja, separe uma gaveta para meias, cuecas, calcinhas e meias. Uma gaveta para o uniforme da escola, uma gaveta só para os conjuntinhos e assim por diante.
– Uniforme Escolar: Para facilitar a rotina reúna todas as roupas utilizadas na escola em um único local, deixe-as separadas das roupas do dia-dia. Essa medida facilita a rotina e melhorara o seu controle sobre a quantidade necessária de cada item.
Aulas especiais ou atividade complementares: Se seus filhos fazem atividades rotineiras como aulas de futebol, ballet, ou natação, em que utilizem roupas específicas, selecione uma gaveta e coloque todas juntas. De preferência aquela em que ele tenha o melhor acesso.
– Divisórias: Dentro das gavetas utilize divisórias para que cada peça fique bem guardada e organizada. E você não precisa gastar dinheiro comprando divisórias, basta utilizar embalagens vazias de sorvete ou qualquer embalagem plástica que você possuir em casa.
Colmeias: Se não tiver gavetas as calcinhas, cuecas e meias podem ser organizadas em colmeias e colocadas logo abaixo dos casacos, assim você otimiza dos espaços.
– Calçados: Os sapatos podem ser organizados na parte de baixo do armário. Para otimizar o espaço coloque um na frente do outro, desta maneira cabem. No exemplo acima utilizamos o chão do guarda-roupa para colocar todos os calcados e os chinelos foram acomodados em uma caixinha vazia de lenço umedecido ou potes de sorvete.

Roselane Menezes – Personal Organizer formada pela OZ! Sistemas de Organização, filiada a ANPOP (Associação Nacional de Profissionais de Organização e Produtividade), consultora doméstica, palestrante, mãe, dona de casa, estudiosa e pesquisadora sobre harmonização de ambientes, organização e limpeza. Oferece serviços de Consultoria em organização para residências e espaços comerciais. Consultoria e gerenciamento de mudanças e treinamento de empregadas.

Leave a Reply

Your email address will not be published.