O que causa a desordem?

desordem e feng shui IUm dos grandes desafios da organização é entender as causas da desordem. Ao longo dos anos tenho identificado várias categorias é acho importantíssimo identificá-las para trabalharmos cada assunto de maneira efetiva. Relacionei hoje as principais e as mais comuns.

Coisas que você não usa e de que não gosta: coisas que você gosta e que aprecia tem uma energia forte, vibrante e alegre e permitem que a energia flua através delas. Se você tem um objetivo bem claro na sua vida procure manter em sua casa apenas coisas de que goste e que lhe traga boas lembranças. Evite guardar objetos que não goste e que não tenha utilidade para você. Coisas inúteis reduzem a energia da sua casa.
Quando uma casa está cheia de coisas das quais faz bom uso, isto se torna uma fonte inacreditável de apoio e progresso. A desordem, por outro lado, draga a sua energia e, quanto mais você a mantiver, mais o afetará. Quando você se livrar de tudo o que não tem mais significado e importância se sentirá mais leve de corpo, de mente e de espírito.

Coisas que estão desarrumadas ou desorganizadas: a desordem consiste em coisas que não tem um lugar próprio para elas, ou que tem um lugar, mas foram retiradas e ficaram misturadas com outros objetos. Mesmo que você conserve suas coisas reduzindo-as ao máximo deixando apenas o que usa e gosta, o lugar ainda estará em desordem se estiverem esparramadas por todos os cantos.
Provavelmente você está tentando manter uma ordem no seu caos. Você precisa manter coisas expostas bem a vista para se lembrar de assuntos importantes. A caixa do correio vive lotada e se espalham por todos os cantos, papéis espalhados aparecem vindos não se sabe de onde, e acumulam-se em pilhas enormes, resistindo a todas as suas tentativas de classificá-los e ordená-los. Há também aquelas compras impulsivas onde você traz para casa e diz para si mesma: “vou deixar isto aqui por enquanto”, e ali fica. Quando as coisas estão embaralhadas e confusas, cria-se tensão e confusão em vez da paz e da clareza que ocorre quando as coisas estão ordenadas e você sabe onde estão. Experimente encontrar um lugar para cada coisa e irá perceber como a vida fluirá com mais facilidade.

– Muitas coisas acumuladas em pequenos espaços: as vezes o problema é apenas uma questão de espaço. Sua vida e sua família se expandiram e a casa ficou pequena. Você pode procurar alternativas para domar a bagunça recorrendo a guarda-móveis, casa da praia ou casa da chácara. Porém, quanto mais você abarrotar os espaços em que vive, menos espaço sobra para a energia se movimentar e mais difícil fica para fazer as tarefas diárias.
Com a desordem do tipo coisas-demais-em-pouco-espaço, sua casa começa a sentir como se não conseguisse respirar, e a sua própria respiração ficará mais limitada e superficial. A solução é se mudar para um lugar maior ou livrar-se de grande parte de suas coisas, liberando espaço para o ar entrar. Você ficará surpreso ao perceber como passará a se sentir melhor, em todos os sentidos.

– Qualquer coisa inacabada: essa forma de desordem é a mais difícil de se ver e a mais fácil de se ignorar. Qualquer coisa inacabada nos domínios físicos, mental, emocional e espiritual deixa em desordem a sua psique.
Coisas com que você não lida na sua casa refletem questões mal resolvidas na sua vida e drenam a sua energia. As coisas inacabadas são consertos insignificante, tais como reparar a gaveta quebrada, consertar um eletrodoméstico quebrada, uma torneira que pinga continuamente, ou tarefas maiores como redecorar a casa, domar a selva na qual o seu jardim se transformou. Quanto maior for a escala, maiores serão as dificuldades para seguir em frente.
Você ficará perplexo ao perceber qual alto voarão seus níveis de vitalidade se completar todos os seus assuntos inacabados.

A organização nos ajuda a ter clareza e quando percebemos que estamos perdendo o fio da meada é hora de parar, refletir e reorganizar as coisas para que a vida volte a fluir normalmente.  O importante é compreender que não é necessário uma limpeza primordial, exagerada para se ter uma casa saudável. Uma casa muito bem arrumada, onde tudo está perfeitamente em ordem, é energicamente estéril e pode ser tão problemática quanto aquela onde a bagunça impera. O equilíbrio é fundamental, assim como em tudo na vida.

Gostou das dicas? Compartilhe conosco a sua opinião e envie um e-mail para: contatoroselane@hotmail.com

Roselane Menezes – Personal Organizer formada pela OZ! Sistemas de Organização, filiada a ANPOP (Associação Nacional de Profissionais de Organização e Produtividade), Consultora de Feng Shui formada pelo Instituto Brasileiro de Feng Shui. Consultora doméstica, palestrante, mãe, dona de casa, estudiosa e pesquisadora sobre harmonização de ambientes, organização e limpeza. Oferece serviços de Consultoria de Feng Shui e Organização de ambientes para residências e espaços comerciais. Consultoria e gerenciamento de mudanças.

Leave a Reply

Your email address will not be published.